Alemanha possibilita bolsa de estudos para jovens brasileiros

As inscrições para a edição 2018/2019 da Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes do Brasil vão até o dia 15 de setembro A apresentação oficial da edição 2018/2019 da Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes do Brasil, além do tradicional evento anual de São Paulo, teve sua estreia em Salvador, Brasília, Curitiba e Rio de Janeiro

Crédito: Bundesregierung/Sandra Stein

A edição 2018/2019 da Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes do Brasil (German Chancellor Fellowships for prospective leaders from Brazil) está com inscrições abertas até o dia 15 de setembro de 2018.  A Bolsa, que é uma iniciativa da Chanceler da República Federal da Alemanha, Angela Merkel, tem como objetivo investir em 10 jovens líderes brasileiros para aperfeiçoarem seu talento na Alemanha.

A Bolsa Chanceler Alemã, uma ação da Fundação Alexander von Humboldt (AvH), conta com o apoio da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK São Paulo), que tem seu Vice-Presidente Executivo, Thomas Timm, como um dos Embaixadores da Bolsa no Brasil. “Queremos que o Brasil repita os bons resultados dos anos anteriores, uma vez que surpreende não apenas pela grande quantidade de aplicações, mas principalmente pela qualidade dos candidatos”.

Neste ano, além do tradicional encontro de apresentação da Bolsa em São Paulo (23.05), aconteceram também encontros inéditos em Salvador (21.05), Brasília (22.05), Curitiba (24.05) e Rio de Janeiro (25.05). Os eventos informativos tiveram como intuito, além de informar os possíveis candidatos, trazer dicas e orientações para obter sucesso na candidatura.

Giovanna Zeny, residente de Curitiba e bolsista da edição 2016/17, esteve no evento de São Paulo e deixou seu recado “uma dica muito importante é dar início a sua candidatura com antecedência. Não deixe para a última hora e faça uma aplicação confiante, com conteúdo e convincente. Um concelho: comecem já!”. Giovanna também comentou da página no Facebook que ex-bolsistas criaram para ajudar os novos candidatos à Bolsa. Conheça a página aqui!

Seguindo a tradição, Axel Zeidler, Cônsul Geral da Alemanha de São Paulo, abriu novamente sua residência para o evento de apresentação e comentou: “é sempre uma satisfação poder abrir as portas da minha casa para um evento de tamanha relevância.”

O objetivo do programa, que já traz um histórico de sucesso em outros países e está sendo oferecido para brasileiros desde 2013, é promover pessoas e projetos com investimentos da Alemanha, incentivando o intercâmbio multicultural, a capacitação profissional e pessoal (networking). Para Dr. Damian Grasmück, responsável pelo Departamento de Seleção da Fundação Alexander von Humboldt, o programa é uma grande chance para os brasileiros que querem potencializar suas carreiras. Para Dr. Grasmück, que veio novamente ao Brasil para os eventos de apresentação da Bolsa, comentou“O programa tem o objetivo de selecionar talentos para que desenvolvam suas expertises, obtenham experiências e conhecimento na Alemanha e retornem para os seus países com uma bagagem única para potencializarem suas carreiras, além de serem agentes de transformação”. Dr. Grasmück complementa: “a ajuda mensal para os aprovados varia entre 2.150 euros e 2.750 euros, dependendo das qualificações. Mas, além do dinheiro em si, a bolsa traz uma vivência ímpar para os participantes. A atmosfera internacional, a bagagem cultural, o networking e o aprofundamento e especialização na sua área de interesse, somam-se aos benefícios da Bolsa Chanceler”.

Momento para aplicação na Bolsa Chanceler Alemã – informações e afins

Além do Brasil, o programa Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes (Bundeskanzler-Stipendium für angehende Führungskräfte, no original em alemão) é destinado a jovens pesquisadores da China, Índia, Rússia e Estados Unidos. Com isso, o projeto geral contempla, todo ano, 50 jovens líderes (10 bolsistas de cada país), que terão a oportunidade de colocarem em prática seus projetos, patrocinados pela Alemanha. A Bolsa Chanceler contempla várias áreas como Política, Economia, Mídia, Administração ou Cultura.

A iniciativa possibilita, também, a oportunidade ímpar aos bolsistas de apresentarem o resultado de seus projetos pessoalmente para a Chanceler Alemã Angela Merkel.

Formação superior completa e que não ultrapasse 12 anos de formado, fluência em inglês ou em alemão são alguns dos requisitos da bolsa. Outra exigência é a apresentação de uma carta de recomendação de um mentor para a pesquisa, que pode ser de instituição de ensino privada ou pública. A ajuda mensal para os aprovados varia entre 2.150 euros e 2.750 euros, dependendo das qualificações. Cursos adicionais de alemão, suporte para a família acompanhar o bolsista e as despesas com viagem estão previstos na bolsa. Todos os requisitos podem ser conferidos no edital da fundação.

As inscrições para a Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes já estão abertas e vão até o dia 15 de setembro. A data de início do programa para os selecionados neste ano é o dia 1° de outubro do ano seguinte (2019) e tem duração de um ano. Mais informações sobre o programa Bolsa Chanceler Alemã: www.humboldt-foundation.de/youngleaders

Veja o vídeo sobre o programa aqui!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here