Liga Ouro 2019: Cerrado vence Unifacisa e assume a liderança da competição

Com o retrospecto de três vitórias em quatro partidas disputadas, o Cerrado Basquete (DF) recebeu a Unifacisa (PB) nesta quinta-feira (28). O confronto entre o terceiro e quarto colocado da Liga Ouro marcou a boa fase da equipe mandante, que conquistou a vitória após uma retomada fantástica. Ao final do jogo, o placar do ginásio da IESPLAN registrou o resultado de 82 a 75.

Pré-jogo

Antes da bola subir, o Cerrado apresentava 75% de aproveitamento na competição, enquanto a Unifacisa brigava pelo segundo triunfo no torneio. O bom momento da equipe cerradense refletia o desempenho do armador Vieira, que possuía a média de 24 pontos, 9.3 rebotes e 4.8 assistências por jogo.
Pelo lado paraibano, o também armador Barnes foi responsável por 16.5 pontos e 3.5 assistências por jogo.

1º Quarto

O início do confronto foi marcado pelo equilíbrio dentro de quadra, devido os times terem errado inúmeros passes e arremessos. O ala/pivô Leandro abriu o placar para a equipe local ao converter um lance livre. Logo em seguida, o camisa 8 anotou mais seis pontos após acertar dois chutes de três. A partir disso, a Unifacisa não cedeu tantos espaços para o Cerrado, que recorreu aos lances de três repetidamente. Porém, o aproveitamento do time candango foi baixo. Isso fez com que a equipe paraibana assumisse a liderança e vencesse o quarto por 15 a 12.

2º Quarto

A vantagem do tempo anterior, que era de três pontos, aumentou. Na tentativa de conter o avanço adversário, o treinador Ronaldo Pacheco pediu um tempo técnico para ajustar a formação. A pausa não surtiu efeito, e a Unifacisa abriu 10 pontos de diferença. Esse bom momento fez com a torcida visitante apoiasse cada vez mais. A empolgação resultou no placar, que marcou 37 a 29 no fim da segunda etapa.

3º Quarto

Os 15 minutos de intervalo fizeram muito bem para o time da capital. A diferença de oito pontos caiu para apenas um na primeira parte. Os jogadores da Unifacisa sentiram a pressão que veio da arquibancada. Porém, o incentivo não foi suficiente para fazer com que o clube candango virasse no placar, que terminou 58 x 53.

4º Quarto

No período final, o elenco visitante tentou administrar o resultado, porém viu a retomada cerradense no marcador. O armador Vieira já tinha anotado 25 pontos e era a principal opção do Cerrado no ataque. Devido ao cansaço dos atletas, a qualidade da partida caiu tecnicamente. Coube ao ala Sena assumir o protagonismo e liderar o Cerrado na última etapa. O clima que já era favorável ficou melhor após a cesta de três pontos do armador Luis. A partir disso, a Unifacisa não teve mais forças para reagir.

Pós-jogo

Após o cronômetro zerar, o atleta do time paraibano Pezão comentou sobre o desempenho da equipe e o motivo para não terem conseguido um melhor resultado na partida “A gente deixou o time local gostar do jogo. Até tentamos buscar o jogo, porém, infelizmente com a torcida à favor (Cerrado) fica difícil.

Um dos responsáveis pela recuperação, o  ala Sena, comentou sobre a importância da vitória. “Em competições de tiro curto, cada partida é uma final. A gente tem começado mal nos jogos e precisa melhorar esse aspecto. Porém, o Cerrado é um time que se conseguir engrenar, é difícil segurar .” Além disso, o camisa 7 explicou qual foi a estratégia utilizada no momento crucial do confronto.” Começamos a subir a defesa e pressionar os adversários. Eles ficaram sem padrão de jogo, e a gente conseguiu colocar nosso ritmo, que é correr no contra-ataque.”

Com o resultado, o time candango conquistou a quarta vitória e assume a ponta da tabela. Já o clube paraibano permaneceu com apenas um triunfo. O próximo compromisso do time candango será no dia 12/03, contra o Campo Mourão, no Ginásio Esportes JK . A Unifacisa viajará para o Santa Catarina, onde visitará o Blumenau no Ginásio do Galegão, no dia 07/03.

Por João Paulo de Brito e João Magalhães

Fotos: Divulgação

Supervisão de Luiz Claudio Ferreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here